INFORMAL, FORMAL E OFICIAL: A OPERAÇÃO DO TRANSPORTE COLETIVO NOS MUNICÍPIOS DA REGIÃO METROPOLITANA DE BELÉM

Gabriel Augusto Nogueira dos Santos

Resumo


As diferenciações do sistema de transporte nas cidades brasileiras em âmbito formal e informal estão baseadas nos interesses e inserções nos circuitos urbanos. Em relação às cidades da Região Metropolitana, apesar da inserção em um circuito inferior da cidade, a medida de mitigação na oficialização desses sistemas se tornou imprescindível para a continuidade dos deslocamentos nos centros urbanos. O objetivo da pesquisa é mostrar a funcionalidade do informal como um sistema definitivo nas cidades integrantes da Região Metropolitana. A questão foi dialogada a partir de dados de campo e de órgãos gestores e suas transformações e reproduções de capital que ocorrem nas cidades, visto que a necessidade de regulação provoca fatores que necessitam de eficiência e viabilidade técnica na operação.

Palavras-chave: transporte coletivo; formal; informal; regulação


Texto completo:

PDF

Referências


ARAGAO, Joaquim José Guilherme de. O Novo Direito Concessionário Nacional: E agora, ônibus brasileiro? Revista dos Transportes Públicos, São Paulo, v. 76, p.53-68, 1997.

CASTRO, Carlos Jorge Nogueira de. Transporte Público de Passageiros: uma análise sobre as Territorialidades das empresas de ônibus urbano regulamentadas na Região Metropolitana de Belém (2000-2012). 2015. 159 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Universidade Federal do Pará – Programa de Pós-Graduação em Geografia, Belém.

COMPANHIA DE HABITAÇÃO DO PARÁ. Minha Casa Minha Vida. Disponível em: http://www.cohab.pa.gov.br/minha-casa-minha-vida Acesso em: 29. Jul. 2020.

COSTA, Beatriz; LINDAU, Luís Antônio; NODARI, Christine; SENNA, Luiz; VEIGA, Ivanilce. Ônibus e lotação: uma experiência de convívio regulamentado em Porto Alegre. In: BRASILEIRO, Anísio; HENRY, Etienne. Viação Ilimitada: ônibus das cidades brasileiras. São Paulo: Cultura Editores Associados, 1999, p.337-370.

LEMOS, Chélen Fischer de. O Processo sociotécnico de Eletrificação na Amazônia: articulações e contradições entre Estado, capital e território (1890 a 1990). 2007. 342f. Tese (Doutorado em Planejamento Regional e Urbano). Universidade Federal do Rio de Janeiro - Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional - Programa de Pós-Graduação em Planejamento Urbano e Regional, Rio de Janeiro.

MAGALHÃES, Soraia Pereira. O transporte coletivo urbano de Manaus: bondes, ônibus de madeira e metálicos. 1. ed. Manaus: EDUA, 2014. 260p.

MAMANI, Hernan Armando. Alternativo, informal irregular ou ilegal? O campo de lutas dos transportes públicos. In: RIBEIRO, Ana Clara Torres (Org.). El Rostro Urbano de América Latina. Buenos Aires: Clacso, 2004, v. 1, p. 321-346.

MAMANI, Hernan Armando. Transporte urbano e informal: quadros da Associação Nacional de Transportes Públicos. Novos Cadernos NAEA, v. 19, n. 3, p. 93-112, 2016.

MERCÊS, Simaia do Socorro Sales. Transporte coletivo em Belém: mudança e continuidade. 2005. 313 f. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) – Universidade de São Paulo - Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, São Paulo

MERCÊS, Simaia do Socorro Sales. Transporte urbano por ônibus na Região Metropolitana de Belém (1966-1983): a formação da questão. 1998. 262 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) – Universidade de São Paulo - Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo, São Paulo.

RENDEIRO, Carla Blanco. Mobilidade Urbana e Federalismo: repartição de competências e matéria de transporte público coletivo no Município de Belém. 2015, 191 f. Dissertação (Mestrado em Direito) – Centro Universitário do Pará (CESUPA) – Programa de Pós-Graduação em Direito, Políticas Públicas e Desenvolvimento Regional, Belém.

RODRIGUES, Overlandi; MACHADO, Heber; TEIXEIRA, Lucas; FERREIRA, Alan Leonardo de Oliveira. A geografia dos mototaxistas: a territorialidade e os múltiplos usos do território em Belém do Pará. In: I SIMPOSIO MINEIRO DE GEOGRAFIA, Alfenas, 2014. Anais do I Simpósio Mineiro de Geografia. p. 2151-2165.

ROLIM, Fernando Antônio Oliveira. Regulação econômica, teoria dos leilões e competitividade em licitações de ônibus urbanos. 2015. 323 f. Tese (Doutorado em Engenharia Civil). Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal de Pernambuco, Recife.

SALIM FILHO, Massoud Tufi. Políticas públicas e trabalho no transporte alternativo na Amazônia: Moto-táxi. 2007. 233 f. Dissertação (Mestrado em Planejamento do Desenvolvimento) - Universidade Federal do Pará – Núcleo de Altos Estudos Amazônico - Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Sustentável do Trópico Úmido, Belém.

SANTOS, Milton. O espaço dividido: os dois circuitos da Economia Urbana dos países subdesenvolvidos. São Paulo: EDUSP, 2004, 433 p.

SILVA, Glauber Ranieri Martins da. Entre Belém e Castanhal: rede de transportes e circuito inferior da economia. 2010. 99 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Universidade Federal do Pará – Programa de Pós-Graduação em Geografia, Belém.

SILVA, Marlon Lima da; TOURINHO, Helena Lucia Zagury. Território, territorialidade e fronteira: o problema dos limites municipais e seus desdobramentos em Belém/PA. Urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana, 2016, v. 9, p. 96-109

SOUZA, Luciano Andrade de. Produção do espaço em ocupações no município de Benevides/PA: interfaces entre rural e urbano. 2011, 139 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Universidade Federal do Pará – Programa de Pós-Graduação em Geografia, Belém.

TRINDADE JR, Saint-Clair Cordeiro. Formação metropolitana de Belém (1960-1997). 1. ed. Belém: Paka-Tatu, 2016. 392p.

VASCONCELLOS, Eduardo Alcântara. Transporte urbano nos países em desenvolvimento: reflexões e propostas. São Paulo: Editora Annablume, 2000.

VASCONCELLOS, Eduardo Alcântara. Transporte Urbano: Espaço e Equidade. São Paulo: Editora Annablume, 2001.

VASCONCELOS, Eliza Maria Almeida. A reestruturação produtiva e as novas formas de organização do trabalho: a experiência do transporte alternativo no município de Belém/PA. 2009. 121 f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte – Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais, Natal.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


GeoAmazônia. Todos os Direitos Reservados.
Print ISSN: 1980-7759 (impresso)
eISSN: 2358-1778
DOI da Revista GeoAmazônia: 10.17551/2358-1778/geoamazonia

Indexadores: DOAJ - Latindex - Periódicos da CAPES - Crossref -  BASE - DRJI -Open Science Directory/EBSCO - Google Acadêmico - Wordcat - Index Corpenicus - Suncat - SUDOC - COPAC - Scilit - ERIH PLUS - REDIB (antigo E-Revista) - EZB - Sumários - LivreEuropub - ZDB - GIGA - CIRC - Openaire - OAJI - Jifactor - Diadorim - MIAR - Citefactor - Journal Factor - Infobase - Biblioteke Virtual - Sindexs - Researchbib - PBN - SHERPA/ROMEO - ZB MED - La Referencia - REBIUN - World WideSciente. Org